Abriram as Candidaturas Jovens Agricultores. Mas..

Desde o passado dia 3 de Março que está aberto o período de candidatura aos “projectos” Jovem Agricultor em Primeira Instalação, e encerrará no final de MAIO.

Esta poderá ser a última oportunidade dentro do quadro comunitário PDR2020 para se poder realizar este tipo de candidaturas ao co-financiamento com um Incentivo a Fundo Perdido à primeira instalação, que começa em 20.000€, pelo que a oportunidade não deve ser desperdiçada!!

MARQUE JÁ, com a AGRIMINHO, uma reunião… GRATUITA, PARA INFORMAÇÃO E ACONSELHAMENTO.
Por favor contacte-nos pelo e-mail
agriminho@gmail.com

E telefone

Tlf: 258488341    934407657

Sobretudo, não deixe tudo para o final do prazo.!

Temos, também, que advertir que os “projectos” podem ser ilusões muito penosas.

Há que saber muito bem que vai ser preciso o candidato ter:
– Capitais próprios
– Capacidade de sacrifício para suportar o trabalho de agricultor.
– Capacidade para suportar as demoras burucráticas que o PDR2020 tem tido.
– Pequenas áreas, inferiores a 1ha só são viáveis em culturas em estufa, sobretudo horticultura, ou culturas intensivas, como a criação de caracóis.
– E que corre riscos reais de perda de capitais, caso não cumpra os objectivos para com o Ministério da Agricultura.

Este concurso é muito exigente, havendo muitos critérios novos de selecção. Para se ficar bem posicionado há que iniciar desde cedo algumas diligências para ter uma boa candidatura como:
– Saber bem qual a cultura em que pretende investir;
– Realizar análises de solo;
– Fazer levantamento topográfico (em autocad);
– Contactar cooperativas do sector de actividade e da sua região.

A AGRIMINHO pode ajudá-lo a fazer uma excelente candidatura mas, sobretudo, ajudá-lo a não fazer uma candidatura… caso não tenha um bom projecto, um bom terreno nem o perfil adequado para este empreendimento.

Será a franqueza e a honestidade, o nosso maior valor.
Aproveite os nossos conselhos! Procuramos fazer o bem.

Imagem relacionada

Mirtilo Rende 8 milhões de Euros em 2016! Framboesa aos 100 milhões!

De acordo com os dados preliminares relativos ao valor das exportações e importações de produtos agrícolas, publicados pelo INE, em 2016 celebra-se a consagração dos pequenos frutos como o grande impulsionador do bom desempenho da fruticultura portuguesa,  ultrapassando todos os outros frutos em exportação.

O Mirtilo, pela primeira vez em vários anos, conseguiu, num salto de mais de 140% em relação a 2015! um claro resultado líquido positivo, tendo as exportações conhecidas ultrapassado os 8 milhões de euros, resultando num balanço final do ano positivo de mais de 5 milhões de euros!  Riqueza que fica em Portugal.

Na Framboesa a expectativa de crescimento não era tão grande (pois o patamar era já muito alto), mas o resultado é ainda mais assombroso, com a exportação de mais de 106 milhões de euros, saldando-se, no final, mais de 104 milhões de euros de saldo positivo.

De uma forma geral os “novos” pequenos frutos tiveram um excelente desempenho em 2016.

A AGRIMINHO dá os PARABÉNS a todos os produtores, empresários e colaboradores intervenientes nesta revolução… Vermelha!!

Impor Export 2016 Pequenos Frutos.jpg

Sabe porque é o BOMBARDIER, considerado o bioestimulante mais eficaz na cultura do mirtilo?

Nós, na AGRIMINHO, também não sabemos!

Mas, contra factos não há argumentos.

Usado há diversos anos no Sul de Espanha, inclusivamente nas mais prestigiadas empresas internacionais, testado em Portugal há 6 anos em mirtilo, desde então o seu emprego na cultura de mirtilo, e dos restantes pequenos frutos não tem parado de aumentar.

Este hidrolizado de proteínas, particularmente rico em aminoácidos e produtos secundários que imitam hormonas vegetais, tem um impressionante efeito estimulante nas plantas.

Por este motivo, na AGRIMINHO investimos muito neste produto, comprando grandes quantidades. E, recomendamos a todos os produtores de pequenos frutos que considerem a sua utilização, procurando o produto junto das suas casas agrícolas, grémios e cooperativas.

Estejam as plantas fortes e se pretenda estimular para superar situações de stress, aumentar o vingamento do fruto e o seu crescimento, sejam plantas que estão fracas, que se pretende recuperar, ressentidas por períodos de infecções com fungos, o seu efeito raramente deixa de ser bem perceptível.

Porém, se podemos encarar este bioestimulante, como outros, por exemplo extractos de algas, como um “dopping” legal, a verdade é que, tal como um atleta da maratona não pode ir dopado mas em jejum para a prova, será desperdício de dinheiro investir em bioestimulantes e auxiliares biotecnológios se as plantas não tiverem, à sua disposição, uma boa nutrição em macro e micro nutrientes.

Assim, para o uso correcto, não deixe de se consultar junto de especialistas, como os técnicos da AGRIMINHO, que têm já larga experiência em nutrição de pequenos frutos, com inegável sucesso e provas dadas.
Geral – Tlf: 258488341    934407657

agriminho@gmail.com

www.agriminho.wordpress.com

O BOMBARDIER tem, ainda, a grande vantagem de estar homologado para agricultura biológica!  (veja em http://kimitec.com/)

P1160543.JPG

Hora de Fertilizar!

A AGRIMINHO tem sempre tido muita atenção em recomendar aos seus clientes e amigos a vantagem em arrancar cedo com as fertilizações das suas plantações, seja framboesa, groselha, especialmente mirtilo.

Em virtude de os solos do norte de Portugal serem naturalmente pobres em fósforo, frios e ácidos, a transformação dos adubos e sua biodisponibilização é lenta, por este motivo, há que se trabalhar na antecipação, de modo a que, quando as plantas necessitem e as raízes iniciem a absorção, os fertilizantes já estejam disponíveis, e assimiláveis.

Por outro lado, é no início da Primavera, ainda antes de as folhas despontarem ou de as flores abrirem, que as raízes, num ambiente mais protegido e quente, que é o solo, iniciam o seu crescimento, de modo que o produtor, não vendo atividade “à superfície”, pode não se aperceber que a planta já saiu do seu repouso e… estão a passar-se “coisas”.

E uma das “coisas” que se passa é a ascensão da seiva, com reserva e assimilados das raízes.

Cremos que, por esta forma, se entende porque recomendamos começar cedo as fertilizações, sobretudo de elementos menos móveis nas plantas, como fósforo, cálcio e micronutrientes.

Por outro lado, as raízes só têm dois períodos de crescimento, antes do vingamento do fruto e depois da colheita. Desta forma, temos, nesta altura do ano que investir de modo a potenciar o crescimento das raízes que vão suportar a produção do ano.

Sabe-se, experimentalmente, de várias culturas, que os teores elevados de fósforo, mesmo em solos cuja análise indicam a sua abundância, promovem muito o crescimento das raízes, daí ser também por este motivo boa ideia investir neste macronutriente.

De igual modo, existem auxiliares biotecnológicos, chamados de enraizantes, que ajudam, não só no ano de plantação, a desenvolver as raizes. De igual modo, nesta época, há que ter atenção aos fungos de solo, como phytophthora, pythium e fusário, pois anulam o crescimento radicular.

É também nesta altura do ano que é mais eficiente a inoculação das raízes de mirtilo. Os benefícios das micorrizas já foram por nós muitas vezes aqui alertados, e visam, precisamente garantir a máxima expansão radicular e proporcionar a absorção de alguns nutrientes que as raízes, especialmente de mirtilo, têm dificuldade em absorver.

Os últimos dias têm sido quentes e, no Norte de Portugal, algumas variedades de mirtilo começam a despontar do Inverno, já se vendo pomares com algumas orgulhosas flores (mas que ainda correm muitos riscos de perda). Sinal de que está na hora de começar a dar o “tudo ou nada” na campanha de 2017!

 

Resultado de imagem para blueberry blooming

Framboesas e Mirtilos anões!

A nova tendência na  Europa é a produção de pequenos frutos em casa em vasos e floreiras para ornamento e, ao mesmo tempo, uma bela colheita de fruta fresca acabada de colher, tal como as melhores plantas condimentares são as que temos nas floreiras das nossas cozinhas.

A framboesa Ruby Beauty® é a primeira framboeseira anã (ereta) de frutos comestíveis e o maior sucesso de vendas na Inglaterra.

Trata-se de uma planta muito compacta, que não cresce sequer 1 metro de altura, e é capaz de produzir até 1,5kg em floreiras grandes (1 planta para vaso de 10 litros ou 3 para um de 40litros), para um pátio ou varanda, e excelente para fazer bordaduras de canteiros (70cm entre plantas). São plantas sem acúleos, pelo que não terá medo de colher a fruta nem de cuidar que seus filhos ou animais domésticos se possam magoar.

A planta só produz uma vez por ano, mas uma imensa quantidade de fruta durante várias semanas, sendo a poda tão simples como eliminar todos os ramos que produziram fruta.

 

Disponível em Março de 2017, mediante encomenda pela AGRIMINHO

Por favor contacte-nos pelo seguinte link

https://agriminho.wordpress.com/contactos/

Reserva de Plantas – 911770810 andreiagoncalves.agriminho@gmail.com

Temos condições de preço para grandes quantidades.

Dwarf Patio Raspberry Ruby Beauty

Seguindo o mesmo princípio, iremos ter disponível no próximo Outono o mirtilo Blue Sapphyre F122.  Outra planta anã, ideal plantação em pátios e varandas, para produção urbana e caseira.

Em breve daremos notícias!….

mirtilo, framboesa, kweli, imara, enrosadira, autumn bliss, paris, versailles, blueberry, arandano, frambuesa, duke, huron, bluecrop, aurora, elliot, spartan, draper, projecto, projeto, pdr2020 proder, goselha, preço, cotação

Acompanhamento técnico AGRIMINHO

Sabia que a AGRIMINHO dispõe, desde há dois anos, de um serviço de acompanhamento técnico dedicado para os Produtores de Pequenos Frutos da região Norte Litoral?

As grandes empresas têm agrónomos ao seu serviço para acompanhar e orientar as suas explorações. Porque não há de aproveitar também de um serviço igual?

Se tem a sua exploração no norte litoral (distritos de Braga, Porto e Viana do Castelo) aproveite a oportunidade de também ter aconselhamento técnico e profissional como as grandes empresas, por engenheiros agrónomos já experientes, mas com um investimento mínimo a partir 30€, no caso de fazer uma avença!

 

A aposta da AGRIMINHO é manter uma relação estreita com os produtores, acompanhando o produtor e a sua cultura em todas as fases do ano, por este motivo, temos propostas que vão de 10 a 14 visitas anuais, o que significa que no período de maior trabalho será visitado todos os 15 dias!

Os nossos clientes têm aprovado! E os resultados são visíveis!

Contactos

Urbanização das Fontainhas, nr. 33 – Praça da Galiza

4980-639 Ponte da Barca

Geral – Tlf: 258488341    934407657

agriminho@gmail.com

 

https://www.facebook.com/Agriminho

 

Mirtilos, Blue, Bagas, Mão, Segurando Alimentos

 

Promoção Plantas de Mirtilo / Micorrizas

Devido a uma desistência a AGRIMINHO dispõe, actualmente, de um stock sanitáriamente excepcional de 22.000 plantas de mirtilo bluecrop em vaso P9, muito desenvolvidas quer na parte aérea quer radicular.

Por este motivo, decidimos fazer uma promoção de final de época, podendo propor, a retalho, estas plantas ao valor imperdível de 1,9€ planta  a quem fizer até ao próximo dia 17 de Fevereiro, sexta feira, a sua encomenda.

Pelo telefone/e-mail 911770810 ou andreiagoncalves.agriminho@gmail.com

DESCONTO EXTRA

Pode ainda beneficiar de um desconto adicional, ficando as plantas por 1,80€ caso sejam igualmente compradas as micorrizas respectivas para inoculação destas plantas, também ao excepcional preço irrepetível de 110€/saco de 3kg (por cada 500 plantas).

O preço corresponde a plantas na nossa sede, não estando incluídos outros transportes nem o IVA em vigor.

Oferta

Com a compra de mais de 4.000 plantas teremos prazer em oferecer uma visita técnica para apresentação dos nossos serviços de consultoria agronómica, desde que a exploração se encontre a Norte do rio Douro nos distritos de Porto, Braga e Viana do Castelo.

mitrilos plantas